Petição por um Centro Emprego em Queluz

Tag Archives: CREL
Fecho da CREL pode ter trazido mais 10 mil veículos ao IC19

Fecho da CREL pode ter trazido mais 10 mil veículos ao IC19

Posted 04 Fevereiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | No Comments

Se for comparado o dia 25 de Janeiro de 2010 (a segunda-feira após o fecho da CREL) ao 26 de Janeiro de 2009 (também segunda-feira), pode verificar-se um acréscimo de cerca de 10.000 veículos, isto numa altura em que a A16 prometia tirar tráfego.

No dia 26 de Janeiro (2010) circularam 156.562 veículos na IC19 (Palácio de Queluz) enquanto em 2009 circularam 145 mil veículos. As horas de maior tráfego foram entre as 17H00 e as 19H00.

A hora com maior percentagem de veículos pesados alterou-se: se naquele dia em 2009 foi entre as 10H00 e as 11H00, em 2010 foi entre as 05H00 e as 06H00.

Número de carros na IC19 aumentou em Janeiro de 2010

O número de veículos a circular na IC19 aumentou em Janeiro de 2010, face a Janeiro de 2009. Em Janeiro de 2009 circularam 4.056.056 veículos, enquanto em Janeiro de 2010 circularam 4.104.281 veículos.

Recorde-se que a CP transportou menos 3 milhões de pessoas em 2009 face a 2008. A CP atribui a perda de passageiros ao ano de crise.

Ponte entre Queluz e Monte Abraão reaberta num sentido

Ponte entre Queluz e Monte Abraão reaberta num sentido

Posted 02 Fevereiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | 2 Comments

A ponte na Humberto Delgado, cortada hoje à tarde nos dois sentidos, já reabriu no sentido Monte Abraão-Queluz.

O corte de trânsito registou-se hoje às 14H00, entre a Avenida Miguel Bombarda e a Avenida General Humberto Delgado, depois da rotura de uma conduta de água.

De recordar que esta ponte só funciona no sentido Monte Abraão > Queluz no mês de Fevereiro devido às obras na Avenida Miguel Bombarda.

A partir de Março a ponte estará aberta nos dois sentidos, no entanto, a Avenida Miguel Bombarda estará cortada ao trânsito no sentido a Belas.

Ponte que liga freguesia de Monte Abraão a Queluz cortada

Ponte que liga freguesia de Monte Abraão a Queluz cortada

Posted 02 Fevereiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | 4 Comments

Na sequência de uma rotura num cano de abastecimento de água, a ponte que liga a Avenida General Humberto Delgado à Avenida Miguel Bombarda ficou cortada ao transito.

O acidente na conduta foi por volta das 14H00 e transformou a Avenida General Humberto Delgado num beco.

A PSP estava presente no local mas ficou a assistir à rotura em vez de orientar o trânsito na Avenida General Humberto Delgado. Esta situação poderá ser grave sobretudo para os transportes pesados que à falta de informação podem dirigir-se para aquela via.

Mais uma vez o rio Jamor absorveu a água, o que impediu o desastre de bens materiais.

CREL cortada e obras na Miguel Bombarda trouxeram o caos no trânsito

Ontem várias vias da cidade de Queluz ficaram totalmente congestionadas. Registaram-se buzinões e em várias ruas o trânsito parou.

Veja mais imagens aqui:

BES e Câmara Municipal da Amadora em desacordo quanto à propriedade do terreno que soterrou a CREL

BES e Câmara Municipal da Amadora em desacordo quanto à propriedade do terreno que soterrou a CREL

Posted 28 Janeiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | No Comments

Ante-ontem, um vereador da Câmara Municipal da Amadora afirmou que um fundo do BES era o dono do terreno que soterrou a CREL. Ontem o BES desmentiu afirmando que apenas geria o terreno e não era o proprietário. Hoje, o presidente da Câmara Municipal da Amadora vem afirmar novamente que o Grupo Espírito Santo é o proprietário do terreno especificando o fundo: Edifundo.

“Temos o registo de que aquele terreno pertence ao Edifundo do Grupo Espírito Santo. É a única certeza que a Câmara Municipal da Amadora tem. Há documentos e qualquer um pode confirmar” afirmou Joaquim Raposo à agência Lusa.

Recorde-se que o terreno desabou na sexta-feira passada e quase uma semana depois, a Câmara Municipal da Amadora diz imputar os custos ao Grupo Espírito Santo, enquanto o Grupo Espírito Santo diz que “as terras que desabaram vêm de um aterro, que é da câmara.”

Trabalhos de remoção de terras podem durar semanas

Quase uma semana depois do soterramento da CREL, ainda só foi removido 10% das terras desconhecendo-se para já onde estão a ser colocadas.

BES rejeita responsabilidades no soterramento da CREL

BES rejeita responsabilidades no soterramento da CREL

Posted 28 Janeiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | No Comments

O Banco Espírito Santo afirmou hoje ao Público que não é o proprietário do terreno que soterrou a CREL. A ESAF (fundo Edifundo) do BES apenas gere o terreno, mas o seu proprietário é a empresa Obriverca.

Um porta-voz do BES disse ao jornal Público que “as terras que desabaram vêm de um aterro, que é da câmara, e passam por cima do que é gerido pela ESAF.” Salientou ainda que “não está ainda minimamente determinada a origem e a responsabilidade da derrocada.”

O BES vem assim desmentir Gabriel Oliveira, vereador na Câmara Municipal da Amadora.

Recorde-se que ontem, a Câmara Municipal de Amadora disse que ia imputar os custos de remoção das terras e drenagem dos terrenos ao seu proprietário que seria um fundo do Grupo Espírito Santo. Agora o Banco Espírito Santo afirma que “as terras que desabaram vêm de um aterro, que é da câmara.”

Esta situação poderá só resolver-se nos tribunais. No início houve uma guerra de palavras entre a Brisa e Câmara de Amadora. Ontem reuniram e abriram guerra ao proprietário dos terrenos referindo que os custos seriam imputados. Agora o proprietário dos terrenos não é o indicado pela Câmara referindo que apenas gere o terreno. No fim o proprietário dos terrenos é uma empresa de Vila Franca de Xira em Alverca do Ribatejo: a Obriverca. O porta-voz do BES afirma ainda que as terras que soterraram a CREL vêm de um aterro da Câmara da Amadora.

Grupo Espírito Santo é proprietário do terreno que soterrou por completo 6 faixas da CREL

Grupo Espírito Santo é proprietário do terreno que soterrou por completo 6 faixas da CREL

Posted 27 Janeiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | 1 Comment

Na CREL, todas as as faixas de rodagem ficaram soterradas por um terreno, o que levou ao corte desta via entre Queluz e Belas. Segundo o que a Agência Lusa apurou, através do vereador Gabriel Oliveira da Câmara da Amadora, o proprietário dos terrenos é um fundo imobiliário do Grupo Espírito Santo.

A Brisa e a Câmara Municipal da Amadora estiveram esta tarde reunidos e chegaram à conclusão de que existe “a necessidade de intervir imediatamente fora e dentro da área da concessão da CREL para a rápida regularização da circulação rodoviária.”

A Lusa tentou contactar o Banco Espírito Santo, mas ainda não recebeu qualquer resposta.

Brisa alertou previamente a autarquia da Amadora

Antes do deslizamento de terras acontecer, a Brisa, entidade concessionária da CREL, alertou previamente a autarquia.

No local da concessão, a Brisa tem em permanência 60 camiões para retirar as terras pois em continuidade com a CREL está o Aqueduto das Águas Livres, património classificado, sob a ameaça de ficar soterrado.

Brisa e Câmara da Amadora vão imputar custos ao dono dos terrenos

Na reunião de hoje entre a Brisa e a Câmara Municipal da Amadora, ficou decidido que estas duas entidades vão imputar os custos ao dono do terreno.

A Cãmara Municipal da Amadora comunicou hoje que “dada a gravidade que o corte da circulação rodoviária está a desencadear, foi já feito um levantamento técnico dos problemas subjacentes a esta questão.”

A autarquia da Amadora alertou hoje que “a intervenção imediata para a abertura da CREL, a resolução definitiva na estabilização dos terrenos em causa e a imputação dos custos e prejuízos ao proprietário dos terrenos”.

Junta de Freguesia de Belas diz que aconteceram “depósitos de empresas construtoras.”

Guilherme Dias foi claro ao jornal I quando refere que são as empresas construtoras que colocaram terra naquele local que agora a retiram. São “depósitos de empresas construtoras, as mesmas que estão lá a tirar a terra,” referiu.

Já o Instituto de Infra-Estruturas Rodoviárias refere que “não há informação sobre isso. Neste momento a prioridade praticamente única é libertar a via de terras e estabilizá-las. O resto há-de resolver-se”.

Transportes da Grande Lisboa centralizados em Lisboa

Todos os transportes colectivos estão direccionados a Lisboa e não existem ligações entre os concelhos limítrofes. Por exemplo, um morador de Odivelas que trabalhe em Oeiras tem de utilizar a CREL se não quiser perder tempo nos transportes.

A Comissão para a Mobilidade Sustentável do Concelho de Sintra refere que situação mostra “que devem ser feitos mais investimentos nos transportes colectivos rodoviários e ferroviários para atenuar a dependência existente em relação aos veículos automóveis”.

Em 2009, mais de 45 milhões de viaturas passaram pelo IC19 em Queluz

Em 2009, mais de 45 milhões de viaturas passaram pelo IC19 em Queluz

Posted 25 Janeiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | No Comments

Em 2009, segundo dados da Estradas de Portugal, passaram no IC19 (Palácio de Queluz) cerca de 45 milhões de veículos, e este número peca por defeito. A percentagem de veículos pesados foi de 2,6%.

Há um ano atrás, no dia 26 de Janeiro (uma segunda-feira), circularam pela IC19 (Palácio de Queluz) 145 mil veículos. A hora de maior tráfego foi no período entre as 17H00 e as 18H00, onde circularam 10.000 veículos, enquanto a hora de menor tráfego, entre as 3H00 e as 4H00, circularam apenas 500 veículos. Já o período onde circularam mais pesados foi das 10H00 às 11H00.

Quando os dados de hoje estiverem disponíveis será interessante verificar os efeitos da CREL fechada entre Queluz e Belas no IC19. Através dos dados disponibilizados aqui também se poderá verificar o efeito da abertura da A16 no tráfego do IC19.

Alternativas à CREL

Alternativas à CREL

Posted 25 Janeiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | No Comments

Imagens do helicóptero da TVI mostraram hoje que a CREL ficou totalmente soterrada. Foi por pouco que as terras não atingiram o Aqueduto das Águas Livres em Belas.

A BRISA já forneceu alternativas à CREL, no entanto, para quem vive na cidade de Queluz e trabalha em Lisboa, a melhor alternativa poderá ser o comboio ou então o metro na estação Amadora Este. Enquanto a CREL estiver fechada, a IC19 e a 2ª Circular ficarão ainda mais congestionados.

Uma alternativa às sugestões da Brisa com ligação à A8, A1 e Ponte Vasco da Gama é a IC17 com entrada pela Brandoa, no concelho da Amadora.

Alternativas da à CREL (fornecidas pela Brisa):

  • para quem vem do Norte ou do Oeste por auto-estradas como a A1 ou a A8, e particularmente para o trânsito de pesados, a Brisa sugere a opção pela 2ª Circular/CRIL. No caso da opção ser a CREL, os automobilistas deverão optar por sair no Nó de Odivelas, utilizando o IC 22 e o Eixo Norte/Sul.
  • para o tráfego proveniente da linha de Sintra, com destino à zona norte de Lisboa, a Brisa sugere a opção pelo IC19 em direcção a Lisboa
  • para o tráfego proveniente da linha de Cascais a Brisa sugere a A5, até ao centro de Lisboa ou, em alternativa, realizar o percurso A5/CRIL/2ª Circular
  • para os automobilistas originários de Norte que, ainda assim, optem pela CREL, a Brisa sugere a saída no Nó de Belas seguindo a sinalética provisória de desvio com as indicações Belas/Idanha/A16. O trânsito proveniente do IC16 poderá também optar por sair para a Amadora (junto ao Centro Comercial Dolce Vita Tejo) em direcção ao IC19
  • para o trânsito proveniente de Sul, por exemplo, pela Ponte Vasco da Gama, a Brisa sugere a 2ª circular e o Eixo Norte/Sul.
CREL cortada entre Queluz e Belas por tempo indeterminado

CREL cortada entre Queluz e Belas por tempo indeterminado

Posted 23 Janeiro 2010 | By Cidadania Queluz | Categories: Actualidade | No Comments

A CREL vai estar encerrada entre Queluz e Belas depois de um deslizamento de terras e da queda de postes de alta tensão entre o túnel de Carenque e o nó de Belas.

O deslizamento iniciou-se às seis da manhã de ontem e a resolução deste problema deverá demorar vários dias.

A CREL permanecerá assim encerrada entre Queluz e Belas por tempo “indeterminado.”

Devido a este corte é previsível que muito do tráfego seja agora direccionado para o centro de Lisboa. Como alternativa pode circular pela IC17/A8, com entrada no Alto da Branda, no concelho da Amadora.

Cidade de Queluz sofreu apagão na madrugada de ontem

Ontem, por volta das três da manhã houve um apagão na cidade de Queluz que durou cerca de um segundo. Desconhece-se se a causa terá sido a queda dos postes de alta tensão.

Reportagem da SIC

CDU Contra as portagens no IC16/IC30

Posted 06 Maio 2009 | By HugoLourenco | Categories: Actualidade | No Comments

A CDU protestou hoje, 5 de Maio, contra as portagens no IC16/ IC30 nas freguesias de Queluz, Belas, São Marcos, Cacém, Algueirão-Mem Martins e Terrugem. De acordo com informações disponibilizadas no site da Coligação, a CDU defende a necessidade de «reavaliar» esta decisão do Governo, já que «as circulares Poente e Nascente ao Cacém irão efectuar a ligação com o concelho de Oeiras, o IC19 e o IC16». [...]

Acessibilidades de Massamá

Posted 19 Novembro 2007 | By Cidadania Queluz | Categories: Sem categoria | No Comments

Rua = Estrada da Barota

Problema = na minha opinião como moradora de Massamá (belas) o maior problema são as acessibilidades para quem mora nesta zona visto que a maior parte da população trabalhar em Lisboa e algumas em Sintra ou outras que necessitam de recorrer à CREL para se deslocarem para os seus locais de trabalho. É urgente abrirem outra saída e entrada para quem vai em sentidos opostos se isso fosse possível provavelmente iria aliviar o transito dentro de Massamá. Para quem tem crianças,levanta- las ás 06:30 para os pais chegarem a atempadamente aos locais de trabalho é muito doloroso. Pergunto será que isto significa qualidade de vida para estas crianças que serão o futuro desde pais?

Estela Silva

Transportes em Massamá

Posted 28 Outubro 2007 | By Cidadania Queluz | Categories: Sem categoria | No Comments

Engraçado, é muito engraçado ler-vos, pois só falam duma única coisa, apesar de ser importante: Insegurança, ruídos a horas não convenientes, etc, etc, Mas para quem vive em Massamá, Massamá Norte e Monte Abraão e que trabalha em Lisboa tendo que cumprir horários, nunca vos li uma única linha Acerca das, ainda, péssimas saídas rodoviárias que estas localidades têm para chegar á IC19, já para não falar do tão prometido acesso à CREL por Massamá Norte, bem como, da péssima rede de transportes públicos que existe nestas zonas, incluindo todo o concelho. Julgo que já é tempo de Vcs Exas fazerem pressão perante as respectivas juntas de freguesia e da Câmara Municipal de Sintra. Ou será que vocês não necessitam de sair de manhã, em hora de ponta, das já referidas zonas para ir trabalhar ??? Favor divulgar, porque todos os problemas de Massamá e arredores ( e há muitos ) dizem directamente respeito a quem lá vive.

Carlos Chanoca

PHVsPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hYm91dF9iaW88L3N0cm9uZz4gLSBQZXRpw6fDo28gcGVsYSBpbnN0YWxhw6fDo28gZGUgdW0gQ2VudHJvIGRlIEVtcHJlZ28gbmEgY2lkYWRlIGRlIFF1ZWx1ei48L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hYm91dF9ncmF2YXRhcjwvc3Ryb25nPiAtIG1haWxAcXVlbHV6Lm9yZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2Fib3V0X3JlYWRtb3JlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3F1ZWx1ei5vcmcvcmVjbGFtYXIvcGV0aWNhby1wZWxhLWluc3RhbGFjYW8tZGUtdW0tY2VudHJvLWRlLWVtcHJlZ28tbmEtY2lkYWRlLWRlLXF1ZWx1ei88L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZHNfcm90YXRlPC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF8zMDBfYWRzZW5zZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkXzMwMF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvd29vdGhlbWVzLTMwMHgyNTAtMi5naWY8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF8zMDBfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfYmxvY2tfYWRzZW5zZTwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2Jsb2NrX2ltYWdlPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tL2Fkcy93b290aGVtZXMtMzAweDI1MC0xLmdpZjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2Jsb2NrX3VybDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2NvbnRlbnRfYWRzZW5zZTwvc3Ryb25nPiAtIDxzY3JpcHQgdHlwZT1cInRleHQvamF2YXNjcmlwdFwiPjwhLS0NCmdvb2dsZV9hZF9jbGllbnQgPSBcInB1Yi05NjE3OTE4ODcxODQ2NDUyXCI7DQovKiA0Njh4NjAsIGNyaWFkbyAwNS8wMS8xMCAqLw0KZ29vZ2xlX2FkX3Nsb3QgPSBcIjYxMjA5MDc4NzFcIjsNCmdvb2dsZV9hZF93aWR0aCA9IDQ2ODsNCmdvb2dsZV9hZF9oZWlnaHQgPSA2MDsNCi8vLS0+DQo8L3NjcmlwdD4NCjxzY3JpcHQgdHlwZT1cInRleHQvamF2YXNjcmlwdFwiDQpzcmM9XCJodHRwOi8vcGFnZWFkMi5nb29nbGVzeW5kaWNhdGlvbi5jb20vcGFnZWFkL3Nob3dfYWRzLmpzXCI+DQo8L3NjcmlwdD48L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9jb250ZW50X2Rpc2FibGU8L3N0cm9uZz4gLSBmYWxzZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2NvbnRlbnRfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzL3dvb3RoZW1lcy00Njh4NjAtMi5naWY8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9jb250ZW50X3VybDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2hlYWRlcl9hZHNlbnNlPC9zdHJvbmc+IC0gPHNjcmlwdCB0eXBlPVwidGV4dC9qYXZhc2NyaXB0XCI+PCEtLQ0KZ29vZ2xlX2FkX2NsaWVudCA9IFwicHViLTk2MTc5MTg4NzE4NDY0NTJcIjsNCi8qIDQ2OHg2MCwgY3JpYWRvIDA1LzAxLzEwICovDQpnb29nbGVfYWRfc2xvdCA9IFwiNjEyMDkwNzg3MVwiOw0KZ29vZ2xlX2FkX3dpZHRoID0gNDY4Ow0KZ29vZ2xlX2FkX2hlaWdodCA9IDYwOw0KLy8tLT4NCjwvc2NyaXB0Pg0KPHNjcmlwdCB0eXBlPVwidGV4dC9qYXZhc2NyaXB0XCINCnNyYz1cImh0dHA6Ly9wYWdlYWQyLmdvb2dsZXN5bmRpY2F0aW9uLmNvbS9wYWdlYWQvc2hvd19hZHMuanNcIj4NCjwvc2NyaXB0PjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2hlYWRlcl9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvd29vdGhlbWVzLTQ2OHg2MC0yLmdpZjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2hlYWRlcl91cmw8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb208L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9pbWFnZV8xPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tL2Fkcy93b290aGVtZXMtMTI1eDEyNS0xLmdpZjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2ltYWdlXzI8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzL3dvb3RoZW1lcy0xMjV4MTI1LTIuZ2lmPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaW1hZ2VfMzwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvd29vdGhlbWVzLTEyNXgxMjUtMy5naWY8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9pbWFnZV80PC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tL2Fkcy93b290aGVtZXMtMTI1eDEyNS00LmdpZjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2ltYWdlXzU8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzL3dvb3RoZW1lcy0xMjV4MTI1LTQuZ2lmPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaW1hZ2VfNjwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvd29vdGhlbWVzLTEyNXgxMjUtNC5naWY8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF91cmxfMTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX3VybF8yPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdXJsXzM8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb208L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF91cmxfNDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX3VybF81PC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdXJsXzY8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb208L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hbHRfc3R5bGVzaGVldDwvc3Ryb25nPiAtIGRlZmF1bHQuY3NzPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYXV0b19pbWc8L3N0cm9uZz4gLSB0cnVlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYmxvZ19zdWJuYXZpZ2F0aW9uPC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19icmVhZGNydW1iczwvc3Ryb25nPiAtIGZhbHNlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY29udGVudF9hcmNoaXZlczwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jdXN0b21fY3NzPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY3VzdG9tX2Zhdmljb248L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19leGNsdWRlX3BhZ2VzX2Zvb3Rlcjwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2V4Y2x1ZGVfcGFnZXNfbWFpbjwvc3Ryb25nPiAtIDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2ZlYXR1cmVkX2xheW91dDwvc3Ryb25nPiAtIGxhcmdlX25vX2FkLnBocDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2ZlYXRfYWx0X2hlaWdodDwvc3Ryb25nPiAtIDg1PC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fZmVhdF9hbHRfd2lkdGg8L3N0cm9uZz4gLSAxMzA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19mZWVkYnVybmVyX2lkPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fZmVlZGJ1cm5lcl91cmw8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vZmVlZHMuZmVlZGJ1cm5lci5jb20vcXVlbHV6PC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fZ2V0X2ltYWdlX2hlaWdodDwvc3Ryb25nPiAtIDUwMDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2dldF9pbWFnZV93aWR0aDwvc3Ryb25nPiAtIDIwMDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2dvb2dsZV9hbmFseXRpY3M8L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19oZWFkZXJfbGF5b3V0PC9zdHJvbmc+IC0gYWQ0Njh4NjAucGhwPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29faW1hZ2VfaGVpZ2h0PC9zdHJvbmc+IC0gMTcwPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29faW1hZ2Vfc2luZ2xlPC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19pbWFnZV93aWR0aDwvc3Ryb25nPiAtIDQzMDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2xvZ288L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vcXVlbHV6Lm9yZy93cC1jb250ZW50L3dvb191cGxvYWRzLzMtbG9nb2NpZGFkYW5pYXF1ZWx1ei5naWY8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19tYW51YWw8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vc3VwcG9ydC90aGVtZS1kb2N1bWVudGF0aW9uL2Jsb2dnaW5nc3RyZWFtLzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX25hdl9leGNsdWRlPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fcmVsYXRlZDwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19yZXNpemU8L3N0cm9uZz4gLSB0cnVlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fc2hvcnRuYW1lPC9zdHJvbmc+IC0gd29vPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fc2luZ2xlX2hlaWdodDwvc3Ryb25nPiAtIDEyMDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3NpbmdsZV93aWR0aDwvc3Ryb25nPiAtIDE4MDwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3RoZW1lbmFtZTwvc3Ryb25nPiAtIEJsb2dnaW5nc3RyZWFtPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fdGh1bWJfaGVpZ2h0PC9zdHJvbmc+IC0gNjQ8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb190aHVtYl93aWR0aDwvc3Ryb25nPiAtIDY0PC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fdXBsb2Fkczwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly9xdWVsdXoub3JnL3dwLWNvbnRlbnQvd29vX3VwbG9hZHMvMy1sb2dvY2lkYWRhbmlhcXVlbHV6LmdpZjwvbGk+PC91bD4=

DecorCollection歐洲傢俬| 傢俬/家俬/家私| 意大利傢俬/實木傢俬| 梳化| 意大利梳化/歐洲梳化| 餐桌/餐枱/餐檯| 餐椅| 電視櫃| 衣櫃| 床架| 茶几

橫額| 貼紙| 貼紙印刷| 宣傳單張| 海報| 攤位| foamboard| 喜帖| 信封 數碼印刷

QR code scanner| inventory management system| labelling| Kiosk| warehouse management|

邮件营销| Email Marketing| 電郵推廣| edm营销| 邮件群发软件| edm| 营销软件| Mailchimp| Hubspot| Sendinblue| ActiveCampaign| SMS

Tomtop| Online shop| Online Einkaufen

地產代理/物業投資| 租辦公室/租寫字樓| 地產新聞| 甲級寫字樓/頂手| Grade A Office| Commercial Building / Office building| Hong Kong Office Rental| Rent Office| Office for lease / office leasing| Office for sale| Office relocation

香港甲級寫字樓出租

中環中心| 合和中心| 新文華中心| 力寶中心| 禮頓中心| Jardine House| Admiralty Centre| 港威大廈| One Island East| 創紀之城| 太子大廈| 怡和大廈| 康宏廣場| 萬宜大廈| 胡忠大廈| 信德中心| 北京道1號| One Kowloon| The Center| World Wide House

| 國際小學| 英國學校| International schools hong kong| 香港國際學校| Wycombe Abbey| 香港威雅學校| school day| boarding school Hong Kong| 香港威雅國際學校| Wycombe Abbey School

Addmotor Electric Bike| Electric bike shop / electric bicycle shop| Electric bike review| Electric trike| Fat tire electric bike| Best electric bike| Electric bicycle| E bike| Electric bikes for sale| Folding electric bike| Electric mountain bike| Electric tricycle| Mid drive electric bike Juiced Bikes Pedego Rad-Power