Home » Actualidade

MMS em campanha no Parque Felício Loureiro

Cidadania Queluz 5 Outubro 2009 Actualidade 41 leituras Sem ComentáriosImprimir Imprimir Enviar por mail Enviar por mail

A candidatura do Movimento Mérito e Sociedade à Assembleia de Freguesia de Queluz estará hoje às 15Hoo no Parque Felício Loureiro.

A candidatura do MMS pretende mudar Queluz. Conheça aqui o programa eleitoral:

Soluções para Queluz Programa Eleitoral – MMS Queluz

As propostas que apresentamos pretendem essencialmente recuperar a cidade e devolver-lhe o estatuto de um espaço histórico onde o património que se eleva na sua paisagem tem que ser urgentemente cuidado. Negamos-lhe o estatuto de cidade dormitório dos subúrbios da capital, para o qual tem sido arremessada pelas políticas autárquicas e nacionais.

As nossas soluções focalizam-se essencialmente na Segurança Pública, Mobilidade, Urbanismo, Património, Ambiente e Espaços Verdes, Cultura e Desporto, e Acção Social. Todavia estamos receptivos a novas ideias, novas sabedorias, que contribuam para trazer uma nova vida a Queluz. Da união e do diálogo entre os que gostam de Queluz, porque aí nasceram ou porque aí vivem, deverão nascer propostas que devolvam a dignidade à Cidade.

Passaremos assim a desenvolver as linhas fundamentais da acção que pretendemos pôr em prática.

Segurança Pública

A insegurança tem vindo a aumentar em Queluz criando um grave impacto na vida social, económica e psíquica da freguesia. Existem roubos todos os dias na freguesia e quase a totalidade dos comerciantes já foram assaltados, averbando assim enormes prejuízos.

Defendemos um policiamento de proximidade. A exigência perante os responsáveis da segurança pública de um maior número de polícias efectivos na freguesia.

-Iluminação

Pretendemos reforçar a iluminação da cidade. Muitas vias de Queluz precisam ser iluminadas, principalmente nos trajectos para a estação de Queluz-Belas, onde centenas de Queluzenses passam a horas tardias, vindo dos seus trabalhos.

-Videovigilância

Somos a única candidatura do concelho de Sintra a abordar o assunto da videovigilância. A videovigilância deve ser encarada sobretudo como um meio dissuasor da criminalidade. Está mais que provado, pela aplicação em várias cidades europeias, a eficácia deste método – a redução da criminalidade foi evidente. Em Portugal, vários municípios já implantaram a videovigilância como o Porto, Coimbra, Portimão e Fátima. Na linha de Sintra, a Amadora é o único município que está a estudar a sua implementação. Em Sintra o assunto nunca foi abordado, apenas pela candidatura do MMS-Queluz, que tenciona levar à CMS a proposta de implantação deste sistema em Queluz.

Em que áreas devíamos ter videovigilância em Queluz?

Em toda a freguesia é fundamental. No entanto deve ser pensado em conjunto com a população e comerciantes as áreas prioritárias. Defendemos, numa fase inicial, a sua implantação nas principais artérias e nos percursos habituais dos nossos estudantes para as escolas. Iria dissuadir assim, a população marginal da prática de assaltos e actos de vandalismo, como por exemplo o grafitismo.

Património

-Plano de turismo específico para Queluz

Queluz é reconhecida internacionalmente pelo seu palácio. O que é que as gentes de Queluz e o comércio local lucram com isso? Nada.

Não há um plano de turismo específico para Queluz, recebemos milhares de turistas todos os anos, que basicamente entram no palácio, fazem a sua visita e pouco mais. É preciso desenvolver actividades durante a época alta. A feira setecentista é um exemplo bom de aproveitamento da zona envolvente do Palácio de Queluz. Não seria interessante manter uma actividade, deste género, durante todo o verão e com mais atracções? Por que não organizar a feira entre o Palácio e o Bairro histórico Almeida Araújo (também conhecido por Bairro do Chinelo, cuja a sua construção data do Século XVIII)? Seria uma forma de chamar a atenção para este bairro tão característico e pitoresco, com um enorme potencial turístico. E também este tão abandonado!

-Palácio de Queluz

Um dos palácios mais bonitos de Portugal encontra-se neste momento, com os seus exteriores, em visível degradação. À noite não tem focos de iluminação, o que é inadmissível. Impressionante, também, é a quantidade de grafitis nas paredes exteriores deste monumento.Com o MMS, no executivo da JFQ, esta seria uma situação que nunca poderia acontecer.

Defendemos ainda, que parte dos extensos jardins do Palácio de Queluz deviam ter uma entrada pelo Parque Felício Loureiro. É inaceitável que um Queluzense para entrar nos jardins do Palácio precise atravessar várias salas do Palácio e pagar ingresso. Devíamos aproveitar esses Jardins, a sua história e reputação, em conjunto com o Parque Felício Loureiro, para fazer de Queluz um exemplo de espaços verdes em Portugal.

-Valorizar o Aqueduto das Águas Livres

O Aqueduto das Águas Livres, que tanto sobressai no centro urbano de Queluz, em vez de ser valorizado, com uma digna conservação e iluminação, tem sido alvo de vários erros. Por exemplo, recentemente foi pintado com uma tinta branca (hoje, já cheia de manchas negras) que de modo algum é adequada, revelando falta de reflexão e conhecimento sobre a forma de intervir no património.

Precisamos de alterar este tipo de obras que só servem interesses ocultos e levam ao esbanjamento de dinheiro.

Mobilidade

- Novos acessos a Queluz

As entradas e saídas do espaço urbano de Queluz constituem um problema sentido todos os dias pelos fregueses. É impensável que uma ponte do século XVII continue a ser uma das principais saídas/entradas de Queluz (Rua D. Pedro IV em direcção ao Lido). É preciso chegar a um acordo com o município da Amadora para dissolver este problema! Os Queluzenses perdem horas, dias de vida, para sair de Queluz e dirigirem-se para os seus empregos, problema que se repete quando pretendem voltar para os seus domicílios.

O MMS defende que Junta de Freguesia de Queluz deve envidar esforços, no sentido de pressionar a Câmara Municipal de Sintra para empreender estudos e obras que facilitem aberturas de vias de acesso à freguesia de Queluz, cuja sobrecarga urbanística não é mais compatível com soluções com quatro séculos.

- Estado das vias

As estradas estão cada vez mais degradadas. Praticamente todas as vias rodoviárias estão deterioradas. As obras que são feitas são para inserir remendos que ficam desnivelados, do que resulta um pavimento irregular, fazendo mesmo pequenas colinas que levam os veículos a saltar entre altos e baixos e a sofrerem as consequências destrutivas de tal situação. Isto para além do aspecto degradado que dá da cidade. A Avenida Elias Garcia, uma das vias mais movimentadas da cidade, é o maior exemplo disso.

Torna-se necessário exigir às entidades autárquicas que zelem pelo estado das vias. É preciso rigor e fiscalização e informar o executivo camarário sempre que as estradas se deparem em mau estado.

Exige-se igualmente coerência na sinalização das vias, esta deve ser repensada como um todo, é inadmissível que cada via tenha uma regra diferente.

- Estacionamento automóvel

Trata-se de um problema que exige uma resolução urgente. É necessário reflectir sobre esta questão e apresentar sugestões de parqueamento à CMS.

A capacidade de estacionamento no centro urbano de Queluz é extremamente inadequada. Exemplo disso é a Avenida António Enes, uma das principais vias de Queluz, com vários centros comerciais e supermercados. Esta avenida recebe várias viaturas de mercadorias que precisam ser descarregadas e que se têm que confrontar com veículos dos moradores e de serviços e seus utentes, situação que se repete na área envolvente do mercado de Queluz. Em dias da semana o trânsito, nestas vias e nos seus limites, torna-se um verdadeiro caos, para automobilistas e para peões, dando origem a estacionamentos improvisados em segunda fila, em cima de passeios, em entradas de garagens, nas passadeiras; a peões que se vêm obrigados a utilizar a estrada para fazer o seu percurso.

Não havendo espaço à superfície, a solução só pode ser uma: parque subterrâneo.

- Acessos pedonais

Torna-se urgente pressionar a CMS para que seja feita uma ponte que ligue o Palácio de Queluz à Mata da Matinha e um acesso pedonal a Queluz de Baixo. Tratam-se de espaços cuja proximidade e relação com Queluz não se coaduna com a separação física imposta pelo traçado rodoviário. Há que superá-lo.

- Os passeios

Não se percebe esta opção recente da Junta de Freguesia de Queluz de redução dos passeios nas várias artérias de Queluz. Retirou espaço aos passeios de Queluz, muitos deles já bastante estreitos, para a construção de uns poucos lugares de estacionamento automóvel. O que a JFQ não pensou ou não quis pensar foram nos problemas que esta redução vai causar às pessoas com dificuldades de locomoção, idosos, pessoas em cadeiras de rodas, pessoas com carrinhos de bebés etc. Para além de que a presença dos automóveis em grande quantidade só desfigura o espaço urbano. Como já referimos a problemática do estacionamento de Queluz não passa pela redução dos passeios. Esta medida não passa de um remedeio de mau gosto e mais uma vez de má aplicação dos dinheiros públicos.

Ainda relativamente aos passeios de Queluz, apesar de apreciamos a calçada portuguesa e a defendemos na maior parte dos passeios na nossa cidade, constatamos que a sua utilização em vias de grande declive pode ser fatal aos cidadãos. Defendemos a colocação de pisos mais aderentes nos passeios mais inclinados, especialmente tendo em consideração da numerosa população idosa de Queluz e que, pelas circunstâncias da idade, é extremamente vulnerável a quedas.

Urbanismo

- Reabilitação dos edifícios antigos

Queluz possui uma série de edifícios abandonados ou devolutos no seu centro urbano. É necessário uma política de reabilitação dos mesmos, isto é, a restauração das habitações antigas. Nos últimos anos assistimos ao abandono total e por fim à demolição desses mesmos edifícios históricos para construir novas paredes de betão. A mentalidade “pato-bravo” tem que ter um ponto final. Iremos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para evitar que a “destruição” de Queluz prossiga. Iremos requerer à CMS todos os projectos urbanísticos para Queluz, de modo a exercermos acções de fiscalização.

Ambiente e espaços verdes

- Saneamento

A limpeza das ruas é escassa e os espaços públicos de Queluz encontram-se num estado cada vez mais deteriorado.

Queluz é uma cidade suja. Um dos muitos exemplos é o da artéria onde se situa a Junta de Freguesia de Queluz, ali encontramos casas abandonadas cheias de lixo nos quintais constituindo um perigo para a saúde pública. Com o MMS a limpeza do espaço público será uma prioridade. Igualmente frequente é a permanência, prolongada no tempo, de carros abandonados nos locais de estacionamento da nossa freguesia, é preciso alertar as autoridades competentes para a remoção dos mesmos.

- Quinta Nova e Mata da Matinha

É lamentável o estado em que se encontra hoje a Quinta Nova, que outrora era cuidada e servia os nobres e a família real portuguesa. Este é um local de rara beleza e ainda hoje praticamente desconhecido da maioria dos munícipes. A mata da Matinha também deve ser preservada e urge construir um acesso directo através do Palácio de Queluz.

São raros os espaços com uma ligação à natureza dentro da região suburbana da periferia de Lisboa, pelo que é um desperdício votar ao abandono o que ainda existe.

- Jardim Infantil Conde Almeida Araújo

Quem com mais de vinte anos não se lembra de correr no velho Jardim Conde Almeida de Araújo para disputar um dos baloiços mais concorridos? Quem não se lembra de alugar uns patins e tentar manter com mais ou menos sucesso o equilíbrio? Este jardim espelha hoje a decadência de Queluz! Abandonado e vitima de actos de vandalismo.

Trata-se de um espaço que representa o “coração” da cidade, como é possível que esteja completamente desprezado. A última intervenção foi para decepar os seus limites laterais de forma a dar lugar a estacionamentos automóveis. Este é o exemplo de um pensamento ultrapassado, onde o automóvel deslumbrava e se impunha na paisagem. Actualmente, nos países desenvolvidos, as cidades estão a ser libertadas do automóvel cuja presença destrói esteticamente a paisagem.

O Jardim é da competência da CMS, se esta não vê como prioridade a recuperação do mesmo, a JFQ tem que ter uma postura mais combativa e encontrar soluções para que este não fique ao abandono anos e anos e recupere a sua beleza e volte a ser útil aos munícipes.

- Parque Urbano Felício Loureiro

Um parque urbano pode e deve produzir rendimento, o qual para além da manutenção e limpeza do mesmo vai originar novos postos de trabalho. Defendemos a existência de uma área de restauração e vários equipamentos desportivos, campos de relva sintética e de ténis. Queremos ainda, a continuação do Parque Urbano pelas margens do Rio Jamor em direcção a Belas, algo já prometido há vários anos e ainda não realizado. Um parque urbano cuidado e agradável enobrece e dá vida a Queluz.

- Acções de Sensibilização

Para que a manutenção dos parques seja facilitada, torna-se necessário levar a que os seus utilizadores interiorizem regras que levem à preservação dos mesmos. Para além de todos os avisos que alertem para o que não deve ser feito em prol de uma correcta manutenção dos parques, é importante facilitar a denúncia de quem destrói. Defendemos a colocação várias placas nas entradas dos parques incitando à denúncia de quem é visto a estragar os mesmos, com o respectivo número de telefone da polícia.

- Patrulheiros dos Espaços Verdes

Defendemos a criação de uma secção de fiscalização dos espaços verdes, da responsabilidade da Junta de Freguesia. Seria feito um patrulhamento desses espaços por pessoas reformadas que quisessem aderir à iniciativa. Uma acção que preservava o ambiente, protegia as crianças que utilizam o parque e o jardim infantil para além de dar uma oportunidade de ocupação a pessoas reformadas.

Cultura

- Actividades culturais
Daremos apoio a iniciativas culturais e lúdicas e procuraremos ainda incentivar acções que dêem vida a Queluz, tal como feiras de artesanato, feiras do livro, feira setecentista, comemoração de efemérides, entre outras. Esperamos estimular uma actividade sócio-cultural regular nas imediações do Palácio de Queluz e dentro do Parque Felício Loureiro.

- Dar a conhecer a História de Queluz
Incrementar visitas culturais, juntamente com as escolas da freguesia, a vários pontos de Queluz. Propomo-nos incentivar actividades que relembrem o passado histórico da Cidade, como por exemplo: exposições de fotografias sobre Queluz; a recuperação da memória de figuras nascidas em Queluz e que contribuíram para a história local e nacional, através de exposições biográficas; debates de ideias e outras actividades que envolvam a comunicação e a interacção entre gerações. Neste aspecto poderemos conjugar o conhecimento dos mais velhos com os saberes desenvolvidos nas nossas escolas e revelar uma história local esquecida.

- Queluz e o Brasil

Explorar a ligação entre Queluz e o Brasil. D. Pedro IV nasceu e morreu em Queluz e para além do papel fundamental que teve na implantação das ideias liberais em Portugal, foi o primeiro Imperador do Brasil.

Queluz foi no século XIX o centro de uma política que ultrapassou a história local e mesmo nacional. A família real projectou estratégias e actuações no Palácio de Queluz. A relação com o Brasil foi determinante, não só para Portugal mas também para a então colónia portuguesa. Se graças à partida da família real para o Brasil, mantivemos a nossa independência perante as invasões francesas, por outro lado foram as mesmas circunstâncias que facilitaram a independência do Brasil. D. João VI e D. Pedro IV estiveram no centro de toda a actuação política neste momento histórico. As suas vidas em Portugal desenrolaram-se essencialmente no Palácio de Queluz.

Queluz deve ser reconhecida internacionalmente por estes factos históricos. A História e o turismo estão hoje visceralmente relacionados. São necessárias actividades que recuperem a memória da cidade, que recordem a ligação entre Portugal – Brasil. É preciso celebrar de datas simbólicas de forma a chamar a atenção para Queluz e para o seu passado, no sentido de a libertar do destino de refúgio suburbano sem história a que os políticos actuais a condenaram. Este reconhecimento iria trazer mais notoriedade, mais investimento e mais receita ao comércio de Queluz.

- Comemorar datas históricas em Queluz

Para se fazer de um evento um verdadeiro acontecimento na região, a formula é mais que sabida, a nível de marketing. Somos a favor da comemoração da elevação de Queluz a cidade, nascimento de D. Pedro IV, Rei de Portugal e primeiro Imperador do Brasil, e das comemorações do 25 de Abril, dia da mulher, dia da Criança , dia dos Avós e as respectivas festas de Natal .

- Stuart Carvalhais

A sua casa está em ruína (Rua Conde Almeida Araújo) , devemos pugnar pela urgente construção de uma casa-museu, com o espólio do pintor/ilustrador. Realçamos também, que o painel que se encontra no Parque Infantil no Jardim Conde Almeida Araújo é da sua autoria e não tem protecção nenhuma, está cada vez mais degradado e susceptível de actos de vandalismo.

Desporto

- Novos equipamentos desportivos em Queluz

O Clube Atlético de Queluz possui nas suas camadas juvenis centenas de futuros atletas, precisando de apoio e melhores instalações, iremos apoiar o maior representante da freguesia de Queluz no desporto. Queluz é merecedora de uma cidade desportiva que englobe vários recintos. Entretanto, o aproveitamento do polidesportivo da Escola Secundária Padre Alberto Neto também poderia ser uma solução para práticas desportivas diversas. Os equipamentos desportivos das escolas são usados, em várias freguesias de Portugal, por entidades exteriores à escola. Está ao alcance da Junta de Freguesia de reformular o aluguer de equipamentos desportivos nas escolas. Devemos rentabilizar ao máximo o que temos, até que seja possível construir melhor. Queluz não tem, por exemplo, um único campo de relva sintética! Seria uma mais valia para a população e uma fonte de receitas.

Acção Social

- População sénior

Apoiaremos as associações e as políticas de apoio aos mais idosos que é um grupo com grande peso na nossa freguesia. As suas experiências e saberes devem ser ouvidas e valorizadas em actividades que envolvam a comunicação e a interacção entre gerações. Continuam a faltar espaços de lazer e convívio na cidade. O antigo Jardim de Queluz onde tantos pais e avós assistiram e se envolveram nas brincadeiras das suas crianças, onde o baloiço e a patinagem eram a alegria de tantos, foi alvo de obras que o semi-destruíram. Seria interessante repensar este espaço onde fosse possível os menos jovens juntarem-se e conversarem com conforto e dignidade.

É necessário também pensar naqueles que têm mais dificuldade em resolver, em sua casa, as exigências básicas da vida. O desenvolvimento de apoios domiciliários, médicos e de alimentação tem que ser uma preocupação da Junta de Freguesia.

Elaboração um programa de voluntariado jovem vocacionado para ajudar as pessoas idosas carenciadas.

- População jovem

Os mais jovens precisam de actividades que ocupem de forma saudável os seus tempos livres, necessitam de parques recreativos e desportivos em condições. Defendemos a existência de projectos que envolvam outras entidades e que promovam por exemplo tempos de férias noutros locais do país. Assim como desejamos incentivar a vinda a Queluz de jovens de outras regiões. Realização de actividades extra-escolares de voluntariado jovem: aos idosos mais carenciados, sensibilização de protecção do meio ambiente, regras de cidadania.

- Relações inter-geracionais

Desenvolver actividades que impulsionem as relações inter-geracionais, fomentando aos jovens para a problemática da terceira idade, como as baixas reformas, isolamento e carências afectivas.

- Campanhas de solidariedade

Ajudar as associações locais a promover a prática de voluntariado, recolha de bens essências, como roupa, alimentos ou medicamentos, a serem distribuídos para os mais carenciados da freguesia.

- Apoio às associações

Disponibilizar as verbas adequadas às associações de Queluz, estar a par das suas actividades e ajudar em acções de divulgação e sensibilização.

- Junta de Freguesia de Queluz Online

Pretendemos desenvolver um site inovador que seja capaz de prestar serviços ao cidadão, debater ideias e dar a conhecer os projectos da JFQ.

Conclusão

Queremos a nossa Cidade segura, limpa e organizada, com equipamentos proveitosos para a População. Queremos recuperar a identidade de Queluz e dá-la a conhecer nacional e internacionalmente. Com o MMS, na Junta de Freguesia de Queluz, as coisas vão deixar de ser feitas por ocasião, mas sim com uma visão para o futuro. Queremos aproveitar a história de Queluz, defendemos que a nossa cidade não é apenas um dormitório suburbano como muitos gostam de passar a ideia, tem as suas especificidades históricas que têm um extraordinário potencial e que precisam urgentemente de serem exploradas. A nossa actuação tem que ser de acordo com essas especificidades, a freguesia deve ser gerida com iniciativas próprias e adequadas para Queluz. Não podemos copiar as freguesias vizinhas, temos que ter um plano próprio e esse plano é o nosso.

Artigos relacionados:

  1. CDU anuncia candidatos às Juntas de Freguesia da cidade de Queluz
  2. António Barbosa de Oliveira recusou responder ao Correio da Cidade
  3. Autárquicas: em 23 candidatos só existem 4 candidatas à presidência das Juntas de Freguesia
  4. José Pedro Matias não reconhece identidade de Queluz
  5. MMS aposta na freguesia de Queluz e vai a votos
Tags:, , ,
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading ... Loading ...

Comentários

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

Regras:
Comente o assunto em questão. Alguma incorrrecção envie para mail@queluz.org

雪茄| 雪茄烟网购/雪茄网购| 雪茄专卖店| 古巴雪茄专卖网| 古巴雪茄价格| 雪茄价格| 雪茄怎么抽| 雪茄吧| 雪茄哪里买| 雪茄海淘| 古巴雪茄品牌| 推荐一个卖雪茄的网站| 非古雪茄| SO站| 港水雪茄 帕特加斯d4 大卫杜夫雪茄 高希霸雪茄 蒙特雪茄 好友雪茄

古巴雪茄品牌| 非古雪茄品牌

DecorCollection歐洲傢俬| 傢俬/家俬/家私| 意大利傢俬/實木傢俬| 梳化| 意大利梳化/歐洲梳化| 餐桌/餐枱/餐檯| 餐椅| 電視櫃| 衣櫃| 床架| 茶几

橫額| 貼紙| 貼紙印刷| 宣傳單張| 海報| 攤位| foamboard| 喜帖| 信封

QR code scanner| SME IT| system integration| inventory management system| label printing| Kiosk| Voice Picking| POS scanner| POS printer| System Integrator| printing labels| warehouse management| thermal printer| mobile solutions| mdm solutions| mobile device management

邮件营销| Email Marketing| 電郵推廣| edm营销| 邮件群发软件| edm| 营销软件| Mailchimp| Hubspot| Sendinblue| ActiveCampaign| SMS

Tomtop| Online Einkaufen

Beauties' Secret化妝及護膚品

Addmotor electric bike shop

地產代理/物業投資| 租辦公室/租寫字樓| Office for lease / office leasing| Office building| 甲級寫字樓/頂手| 商業大廈| Commercial Building| Grade A Office| Office for sale| Hong Kong Office Rental / Rent Office| 地產新聞

香港甲級寫字樓出租

中環中心| 合和中心| 新文華中心| 力寶中心| 禮頓中心| Jardine House| Admiralty Centre| 港威大廈| One Island East| 創紀之城| 太子大廈| 怡和大廈| 康宏廣場| 萬宜大廈| 胡忠大廈| 信德中心| 北京道1號| One Kowloon| The Center| World Wide House

| Wycombe Abbey| 香港威雅學校| private school hong kong| English primary school Hong Kong| primary education| top schools in Hong Kong| best international schools hong kong| best primary schools in hong kong| school day| boarding school Hong Kong| 香港威雅國際學校| Wycombe Abbey School